quarta-feira, 31 de março de 2010

Malassadas ( receita de S. Miguel - Açores )
















A quem me visitar deixo aqui o desejo de uma Páscoa feliz, todos com muita saúde, na companhia dos entes queridos.

Para não comerem só amêndoas doces... envio aqui uma receita que se costuma fazer no carnaval, na minha terra... mas se comerem agora e em qualquer lugar do mundo, garanto que não vos fará mal!!!

Ingredientes

1kg de farinha de trigo
20g de fermento de padeiro
8 ovos
3 colheres de sopa de açúcar
sumo de 3 laranjas
1 cálice de aguardente branca
leite, sal, açúcar, canela, óleo

Dissolve-se o fermento em água fria. Peneira-se a farinha para um alguidar, faz-se um buraco no meio e deita-se aí o fermento, o sumo das laranjas, o açúcar, a aguardente e uma pitada de sal. Junta-se 1 ovo de cada vez e bate-se sempre com as mãos como se fossem duas pás.
Junta-se um pouco de leite se for necessário para que a massa fique com a consistência de um polme grosso. Põe-se a levedar durante 2 a 3 horas, embrulhando o alguidar num cobertor.
Com as mãos untadas com óleo, tiram-se bocados de massa que se esticam com os dedos, dando-lhes a forma rectangular. Fritam-se em óleo bem quente e polvilham-se com açúcar e canela.
Comem-se no carnaval...

Esta é a receita da senhora D. Maria de Lourdes Modesto, do livro " Cozinha Tradicional Portuguesa".
Mas quando faço malassadas altero esta receita: não deito aguardente, só o sumo de 1 laranja e um pouco de manteiga derretida ( na foto é a malassada do lado direito )... e, às vezes, um pouco de abóbora cozida, escorrida e bem desfeita( a do lado esquerdo da foto ), ficando parecidas com os fritos regionais da região de Coimbra.

O paninho por baixo do prato foi feito por mim, para o cesto do pão. Fi-lo com essas cores para condizer com uma toalha de mesa.


terça-feira, 23 de março de 2010

Quadrado ( square ) para manta



Encontrei o modelo na net, já não sei onde, mas fiz-lhe uma pequena alteração nos paus da penúltima volta, e fiz a mudança de carreiras no canto, por achar que ia ficar melhor.
Estou a fazer uns com o capuchinho e outros no modelo alternativo, em tons claros de rosa, azul, verde, turquesa, salmão, amarelo, pérola e branco.
Com agulha nº 3 os quadrados ficam com cerca de 15 cm, no fio Bambino da Brancal.
Espero que as legendas nas fotos ajudem quem quiser fazer uma colcha como esta.
Já fiz 132 quadrados e vou precisar de mais 60.
Ainda não decidi como os irei unir, nem que cor irei utilizar para isso.
Gosto de ter sempre qualquer trabalhinho para quando quero quebrar a monotonia ou para quando vou a fim de semana.

E, sem pressas, acabo por fazer estas coisinhas quase sem dar por isso...

Quadrado ( square ) para manta






















domingo, 21 de março de 2010

Primavera

















Penso que é uma ameixieira... e ficou assim de um dia para o outro, lá em baixo, vista da varanda do apartamento onde vivo, em Coimbra.

E assim começa a Primavera, com lindas e cheirosas flores brotando por todo o lado.

Só ainda não vi andorinhas mas, com a subida da temperatura, devem estar também a aparecer, esvoaçando no céu e passando rentinho à varanda, como se brincar quisessem!...

E , num instante, irá passar a estação do ano de que mais gosto, para dar lugar ao tempo quente que convida a uns bons mergulhos nas águas cálidas e transparentes dos Açores!...

quinta-feira, 18 de março de 2010

Casaco de tricô para menina





















No domingo à noite comecei este outro casaquinho para a neta Beatriz.
Ainda tricotei a parte das costas, mas tive de a deixar de lado, porque estava a ficar pequena.

Este fio "bambino" é ligeiramente mais fino do que o "le petit", também da Brancal, mas usei a mesma agulha circular. Tive de espaçar o motivo e não ficou mal.
Embora seja cor de rosa, não se nota muito na foto, mas ficou bonitinho, não acham?

Agora tenho umas costas feitas e, para não desmanchar, vou terminar outro casaquinho igual a este, mas ligeiramente mais pequeno. Depois de pronto ficará a aguardar dona!
Quando isto me acontece eu penso no provérbio " guardado está o bocado para quem o há de comer"... ( há de em vez de há-de já faz parte do novo acordo ortográfico que me impõem seguir! Se tive de seguir outros... também posso seguir este!... )

terça-feira, 16 de março de 2010

Casaco de tricô

































Das fotos que tirei nos Açores, apenas salvei as do telemóvel.
Ao guardar as da máquina... fiz uma tolice qualquer e acabei sem imagens na máquina... e sem imagens no computador!!!
São as novas tecnologias que eu não domino tão bem como as agulhas ou as panelas!!!...
Mas dá para ver o casaco que fiz à minha mãe, durante os dias que lá estive.

A alegria esfuziante no rosto da minha velhinha de 93 anos não é pelo casaco novo... mas sim por estar a falar com o sobrinho e afilhado mais velho, que vive no Canadá. Estavam a combinar o próximo encontro lá na ilha.

domingo, 14 de março de 2010

Casaco de tricô para menina


























































































Aqui está o casaquinho que tricotei para a minha neta Clarinha.
Segui um modelo que vi na net e já não sei a quem pertence... de qualquer forma agradeço!
Gostei muito de o tricotar e garanto que ficou muito bem na netinha!...
Como não tinha a receita, fi-lo mesmo à vista.
Quem sabe tricotar consegue fazê-lo e, para ajudar, tirei fotos das várias etapas e do modelo que segui.

PS: ENCONTREI!!! Este modelo está no blog TOT TRICOT.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Saca bordada a hardanger





















Esta foi a prendinha que levei à amiga Nélia do blog Magia do Crochet, quando fui tomar o chazinho na sua casa, desta vez que fui a S. Miguel.
Foi uma tarde deliciosa... não só pela doce companhia, mas também pelos lindos trabalhos artísticos que mostrou... e ainda pelos bolos que serviu com o chá!...
Os meus primos também adoraram a tarde e tudo o que a mim encantou: em imagens e som, o lindo grupo dos seus 7 filhos, exímios músicos.
Realmente a tarde soube a pouco... e eu, guiada pela Nélia, à procura da senhora que me iria ensinar a fazer frioleira!... Encontrámo-la e, na minha próxima ida à ilha, irei aprender... prometo... e, se calhar, irei tomar outro chá com a minha querida amiga!

PS: nessa tarde inesquecível recebi da amiga Nélia um CD com muito boa música admiravelmente interpretada pelos seus 7 talentosos filhos.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Cheguei... e vejam o que encontrei na varanda!




































De novo em casa, depois de 17 dias em S. Miguel, com a minha mãe e irmão, que estão bem, tendo em conta a avançada idade da minha mãe. Qualquer dia tenho de voltar!

Foi pouco tempo para quem fui visitar, mas muito para quem deixei cá... e também para mim, que já estava com imensas saudades!...

Nunca tinha estado nos Açores com tempo tão frio!...

Encontrei estas plantinhas na varanda, em Coimbra: " capuchos" e uma nespereira, por entre os trevos... e estas lindas flores.

Mais tarde colocarei duas peças de tricô que fiz enquanto lá estive.

A minha sorte foi ter tirado algumas fotos com o telemóvel... pois as da máquina desapareceram quando as quis transferir para o computador!!!... Não sei o que fiz... (asneira foi de certeza...) só sei que no fim li "no images" ... e ainda não as tinha gravado!
Ainda assim espero que o meu filho as consiga encontrar algures numa pasta...